Constelação Familiar Sistêmica

  • Hellen Dalla
  • 26/05/2018

Constelação Sistêmica é um método psicoterápico, desenvolvido pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, que estuda as emoções e padrões de comportamento que, consciente e inconscientemente, acumulamos. Este aprofundamento possibilita compreender como estes fatores influenciam em nossa tomada de decisão, reverter aspectos negativos que desequilibram nossa vida.

Em seus estudos, e com base em sua ampla atuação como terapeuta familiar, Hellinger, que também é filósofo e teólogo, pôde perceber como inúmeras experiências, especialmente as vividas no ambiente familiar, são decisivas para a nossa saúde emocional. Neste sentido, podemos concluir que essas experiências, acumuladas desde a infância, nos torna parte de vários sistemas, e impactam diretamente em nossos comportamentos e resultados na vida atual.

Deste modo, as heranças emocionais que herdamos de nossa família, como por exemplo, perdas, brigas, doenças, separações traumáticas e tragédias, podem ser âncoras negativas em nosso processo de evolução profissional e pessoal. A abordagem via Constelação Sistêmica, permite aplicações ainda, no que tange os aspectos:

1 – Constelação Sistêmica Empresarial

Aqui são abordadas questões que dizem respeito ao ambiente empresarial. Cabe ao responsável pela sessão da Constelação Sistêmica Empresarial abordar questões ligadas a liderança, hierarquia e até mesmo ao sentimento de pertencimento das pessoas que fazem parte da empresa. O objetivo desta abordagem é promover a melhoria nas relações entre colaboradores e gestores, bem como entre líderes e stakeholders.

2- Constelação Sistêmica Profissional

Neste segmento da Constelação Sistêmica são abordadas questões que interferem no campo profissional. Podem ser traumas, medos ou ainda relações que impedem os profissionais de descobrir os seus verdadeiros dons e talentos. Com a Constelação Sistêmica Profissional é possível identificar quais são as habilidades profissionais dos colaboradores de maneira clara e autêntica.

3- Constelação Sistêmica Pessoal

Existem duas possibilidades para este atendimento. Pode ser feito individualmente, em consultório, onde o terapeuta utilizará bonecos na aplicação do método ou em grupo. No caso do grupo, no momento de constelar sistemicamente a situação apresentada pelo indivíduo/cliente/paciente, outras pessoas são convidadas para esta dramatização, e são inseridas no processo para representar os personagens, do contexto do protagonista, que fazem parte de um problema específico, que precisa ser superado.

Quem conduz uma constelação geralmente é o psicoterapeuta, que a realiza o atendimento através de uma dramatização em grupo. Assim, mesmo não tendo todas as informações sobre a vida do cliente, ou quem são as pessoas que participam do processo com ele, o terapeuta aos poucos vai localizando, por ordem de relevância, as pessoas que estão sendo representadas e identificando seu peso emocional na vida do paciente. Com isso, ele pode aplicar suas técnicas para que o cliente possa alcançar o perdão e ressignificar aspectos negativos de suas experiências (enxergar o lado positivo da questão abordada), e imprimir no cliente uma nova dimensão do problema, buscando a superação e o alcance dos seus objetivos, e da qualidade da vida, que este empecilho, impossibilitava.

Seja através do atendimento individual ou em grupo, é um método extremamente eficaz que produz excelentes resultados.

COMO FUNCIONA?

Sessão de Constelação Sistêmica

Seja em atendimento individual ou em grupo o atendimento é realizado em apenas uma sessão. O cliente apresenta a sua questão e o trabalho se desenvolve a partir dos movimentos e da leitura do campo morfogenético. Normalmente a sessão dura em torno de uma hora e trinta minutos.

A QUEM SE DESTINA?

A Constelação Sistêmica pode beneficiar qualquer pessoa que esteja sofrendo com dores emocionais e padrões emocionais negativos que estejam se repetindo geração apos geração.


Quero dar o primeiro passo em direção ao meu novo futuro!